Policia Militar de São Paulo recebe homenagem da ONU pelo bom serviço durante a Missão de Paz no Sudão do Sul

Tenente Natalia Ique recebeu medalha no último dia 20; outros policiais brasileiros, argentinos e portugueses também foram condecorados

Lido 464 vezes

Imagem: www.ssp.sp.gov.br
A Polícia Militar de São Paulo mais uma vez foi reconhecida pelo bom trabalho e ajuda que atravessam os limites do Estado. Desta vez, a homenagem foi feita pela Organização das Nações Unidas (ONU), que entregou medalha para a tenente Natalia Ique em agradecimento pelos bons serviços prestados durante a Missão de Paz no Sudão do Sul.

Ela é a única PM de São Paulo participando de uma missão de paz da ONU. “Como policial militar, sinto-me muito lisonjeada e orgulhosa em poder representar minha polícia, meu Estado e meu país em uma missão como esta, em que podemos levar uma esperança de paz para estas pessoas que vivem nestas regiões tão conflituosas”, afirmou. 

A condecoração foi recebida pela PM paulistana em conjunto com outros policiais brasileiros, argentinos e portugueses no último dia 20, em solenidade no Estado de Juba. Três policiais brasileiros foram condecorados e outros quatro receberam um novo numeral em suas medalhas - cada numeral representa um período completo de 6 meses em área de missão.

O evento de homenagem contou com a presença da maior autoridade policial da ONU no Sudão do Sul - Unaisi Lutu Vuniwaqa, do chefe do Componente Policial da UNMISS (United Nations Police – UNPOL) e da comissária da Polícia Nacional de Fiji (United Nations Police Commissioner – PC).

Trabalho voluntário

Sob recomendação do secretário-geral da ONU, a resolução 1996 (2011) do Conselho de Segurança estabeleceu a Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul (UNMISS). Em 14 de março deste ano foi implementada a nova resolução 2459 (2019), prorrogando novo mandato até 15 março de 2020, objetivando a consolidação da paz e a segurança da República do Sudão do Sul.

Com mais de 13 anos de serviço dedicados à corporação paulista, a oficial, que é do 1° Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), iniciou a missão em 10 de março de 2019, com previsão de duração de um ano - passível de prorrogação. Atualmente, integra a equipe de Policiamento Comunitário em Juba, capital do país, difundindo a doutrina de Polícia Comunitária e Direitos Humanos. 

Trabalhando em conjunto com a comunidade, tem como principal missão fazer visitas diárias ao Protection Of Civilians Site (POC), ou Campo de Proteção de Civis, onde tem contato com a população de mais de 25 mil pessoas internamente deslocadas do país que ali vivem, proporcionando treinamento e informação para toda a comunidade local.

O intuito é ajudar a estabelecer condições para o desenvolvimento do país, fortalecer a capacidade de governar de forma efetiva e democraticamente, além de estabelecer boas relações com seus vizinhos. Os policiais das Nações Unidas são encarregados de proteger os civis, monitorar e investigar os direitos humanos, criar condições propícias à prestação de assistência humanitária e apoiar a implementação do acordo de paz.

Fonte: www.ssp.sp.gov.br  - Nathalia Pagliarini e Paula Vieira

Compartilhe
- Parceiros/Conveniados -


Comente